BLOG "O ETERNO APRENDIZ"

sábado, 23 de setembro de 2017

APÓS MONTAR ESTRUTURA NA MATA FORÇAS ARMADAS ENTRA EM CONFRONTO COM CRIMINOSOS DEIXANDO TRÊS MORTOS E QUATRO FERIDOS

Foto: Polícia informou que criminosos têm ligação com a quadrilha que está na favela da Rocinha, no Rio, fotógrafo Fernando Frazão/Agência Brasil.




Dois confrontos entre policiais militares e criminosos deixaram três homens mortos, três presos e quatro feridos na Usina e no Alto da Boa Vista, na Grande Tijuca, na tarde deste sábado (23), no Rio de Janeiro. Um adolescente de 13 anos foi ferido por um tiro, segundo a PM, e encaminhado ao Hospital Souza Aguiar.

A Polícia Civil informou que os criminosos têm ligação com a quadrilha que está na favela da Rocinha, pois a comunidade de São Conrado é ligada pela mata a vários outros bairros do Rio, através do Parque Nacional da Tijuca, área coberta por mata atlântica, com muitas trilhas em seu interior.

Armas apreendidas

De acordo com a PM, os policiais estavam patrulhando o local quando se depararam com homens fortemente armados, em duas ocorrências distintas. Uma na Usina e outra no Alto da Boa Vista, bairros vizinhos. Pelos menos dois fuzis e uma pistola foram apreendidos.

O cerco da polícia também se estende a outros bairros abrangidos pela Floresta da Tijuca, como Santa Teresa e Morro do Turano. O objetivo é evitar que os criminosos que estão acuados na Rocinha escapem ou que outros traficantes venham dar apoio a eles.

No Morro do Vidigal, favela vizinha perto da Rocinha, cinco homens foram presos hoje à tarde. Com eles, a polícia encontrou dinheiro, drogas, um caderno com anotações do tráfico e cinco rádios de comunicação.


FORÇAS ARMADAS MONTAM ESTRUTURA NA MATA PARA PRENDER CRIMINOSOS NA ROCINHA 


Segundo chefe do Estado-Maior Conjunto das Operações em Apoio ao Plano Nacional de Segurança no Rio de Janeiro, almirante Roberto Rossatto, diferentemente das outras ações das Forças Armadas no Rio, desta vez as tropas estão atuando nos acessos à comunidade atingida e no seu entorno, na vegetação de mata fechada, com o uso de helicópteros para desembarcar homens do Exército treinados para fazer o reconhecimento e militares para auxiliar a comunicação da operação, (Foto da internet para ilustração do texto).


O almirante disse que a Estrada da Gávea divide a comunidade em duas partes: de um lado a Rocinha e do outro o Vidigal e, por isso, foi feito um cerco modificado, dividindo o terreno, para que as tropas possam atuar com maior eficácia. As Forças Armadas vão permanecer na Rocinha por tempo indeterminado, segundo Rossato.


O secretário de Segurança do Rio de Janeiro, Roberto Sá, disse que os criminosos estão, em sua maioria, abrigados na mata, mas como a Rocinha é muito grande, eles podem estar escondidos também em casas na comunidade.

Sobre a declaração do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que sugeriu ao Luiz Fernando Pezão a exoneração do secretário de Segurança, Sá disse que respeita a posição do parlamentar e que seu cargo pertence ao governador.

Em nota, a assessoria do governo fluminense defendeu a gestão de Sá na secretaria. “O estado tem trabalhado de forma integrada com as forças federais, sob a coordenação do secretário de Segurança, Roberto Sá, que tem sido incansável no cumprimento do dever.”

Balanço

As ações realizadas desde domingo (17) por policiais da 11ª Delegacia de Polícia (Rocinha), em conjunto com policiais militares, resultaram na prisão de três pessoas, identificadas como Edson Gomes Ferreira, Wilklen Nobre Barcellos e Fabio Ribeiro França.


Quatro criminosos morreram nos confrontos, um deles era Thiago Fernandes Da Silva. Os outros três corpos ainda não foram identificados, sendo que dois deles foram encontrados carbonizados. Seis pessoas ficaram feridas e foram socorridas e encaminhados ao Hospital Miguel Couto.




*********************



Fonte: Agência Brasil. 

OPERAÇÃO INTEGRADA PRENDE CRIMINOSOS E APREENDE ARMAS E MUNIÇÕES NA ROCINHA

As operações integradas resultaram na apreensão de 16 fuzis, forte armamento, carregadores, munição, rádio transmissores, dinheiro e drogas, fotógrafa Cristina Indio/Agência Brasil.





As operações integradas realizadas na madrugada de hoje (23) resultaram na apreensão de 16 fuzis, forte armamento, carregadores, munição, equipamentos de rádio transmissores, dinheiro e drogas.

Também foram presas cinco pessoas, entre elas o traficante Luiz Alberto Santos de Moura, o Bob do Caju, apontado como um dos comandantes da invasão de criminosos na Rocinha, no domingo passado.

De acordo com a Polícia Civil, entre os fuzis, 10 foram apreendidos na comunidade do Caju, na região portuária do Rio, após informações recebidas pela Delegacia de Roubos e Furtos (DRF). Outros cinco fuzis foram apreendidos em uma ação de agentes do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e um em uma Operação do Exército na Rocinha.

Ainda na madrugada o motorista de táxi Marcelo Paz foi abordado por quatro criminosos armados que o obrigaram a subir a Rocinha. Em um dos acessos à comunidade foram interceptados por uma equipe do Bope e após confronto conseguiram escapar, mas além dos cinco fuzis, deixaram para trás carregadores de diversos tipos de armas, sete granadas e drogas.

As outras quatro prisões foram realizadas em operação do Exército durante a madrugada na Rocinha.

Tiroteio

Na manhã deste sábado, um novo tiroteio foi ouvido na Rocinha. De acordo com a Assessoria de Comunicação Social do Estado-Maior Conjunto das Operações em Apoio ao Plano Nacional de Segurança Pública, por volta das 4h30, elementos armados tentaram romper bloqueio do cerco estabelecido pelas Forças Armadas nas proximidades da Rua General Olímpio Mourão Filho.

Na operação, foram presos pela Polícia do Exército os cinco ocupantes de um veículo Renault Symbol e apreendidos um fuzil AK47 calibre 7,62mm com numeração raspada e quatro carregadores; uma pistola Glock calibre 9mm com dois carregadores; 86 munições calibre 7,62mm e 18 calibre 9mm; dois equipamentos de rádio transmissores; documentos; cadernos de anotações; além de pequena quantidade de drogas e dinheiro em espécie.

Os suspeitos e o material apreendido foram entregues à 11ª Delegacia de Polícia, na Rocinha.




*****************



Fonte: Agência Brasil. 

ESCRITORA CABO-FRIENSE LANÇA O LIVRO "PALAVRAS À FLOR DA PELE" NO CHARITAS




Cerimônia acontece neste sábado (23) com apresentações musicais


A Casa de Cultura José de Dome - Charitas, será palco do lançamento do livro “Palavras à flor da pele”, da escritora cabo-friense Jaqueline Brum, no próximo sábado (23). A cerimônia acontece a partir das 18h com apresentação do Coral Despertar e da cantora Sarah Dhy, além da presença de escritores da região.

O livro faz uma reflexão de como as palavras podem dar voz aos sentimentos e de como devem ser sentidas. “Quantas palavras cabem em um abraço ou em um sorriso? Percebemos que muitas palavras não traduzem todo o sentimento e elas precisam ser sentidas”, disse a autora Jaqueline Brum.

Este é o terceiro livro lançado por Jaqueline, que além de escritora é professora, bióloga e palestrante. Recentemente, a cabo-friense esteve no maior evento literário do país, a 18ª Bienal Internacional do Livro Rio, representando a cidade.

O Charitas está localizado na Avenida Nossa Senhora da Assunção, no Centro, e funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h, e das 14h às 20h aos sábados, domingos e feriados. A Casa de Cultura conta com exposições artísticas temporárias e permanentes.



**********************



Att.


Coordenadoria de Comunicação da Prefeitura de Cabo Frio.

DURANTE OCUPAÇÃO DA ROCINHA CRIVELLA ACOMPANHA PESSOALMENTE AS AÇÕES DA GUARDA CIVIL MUNICIPAL E EMITE NOTA AOS MUNÍCIPES




Segundo divulgação do Facebook oficial do prefeito Marcelo Crivella, o chefe do poder executivo da cidade do Rio de Janeiro acompanhou pessoalmente as operações da guarda civil  municipal em apoio as esferas estadual e federais sempre demostrando preocupação com os munícipes e principalmente com os residentes  na comunidade da Rocinha. 

O chefe do executivo da cidade do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella como verdadeiro comandante da força de segurança municipal, passou todo o dia de ontem, sexta-feira (22), acompanhando pessoalmente todo os ações de apoio do município as esferas estadual e federal do Centro de Operações da Cidade do Rio de Janeiro CORNo final do dia foi postado uma nota do prefeito mostrando toda a sua preocupação com os munícipes do Rio e principalmente com os maradores da comunidade Rocinha. 

A nota ressalta que a segurança é uma das preocupações  e prioridades constante do seu governo.

Lei abaixo a nota do prefeito Marcelo Crivela na íntegra: 


"Boa noite, meus amigos. O dia de hoje está sendo de muita aflição por conta das ações de combate ao crime organizado.

Quero pedir calma e serenidade a todos. Estamos desde as primeiras horas do dia dando todo o suporte para as esferas estadual e federal, bem como trabalhando em cooperação com envolvimento direto da CET-Rio, da Guarda Municipal do Centro de Operações da Cidade do Rio de Janeiro COR.

A segurança é uma preocupação constante da minha gestão. Em abril demos início às operações do GGIM, nosso Gabinete de Gestão Integrada Municipal que reúne todas as forças de segurança para trabalhar em conjunto.

Fora isso, fui a Brasília por diversas vezes cobrar a presença do Governo Federal nas ações de controle das rodovias, e também nas ações de apreensão de armas, principalmente fuzis. Estou confiante que, com a colaboração de todos, o Rio vencerá essa batalha."

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

ASSEMBLEIA SINDICAL APROVA CONTINUIDADE DE GREVE, VAMOS RELEMBRAR TODO ESSE IMBRÓGLIO SINDICAL



O Sepe Lagos representante legal dos funcionários da Educação na Região dos Lagos realizou no início da noite desta sexta-feira (22), mais uma Assembleia Extraordinária. 

Assembleia que foi realizada na Escola Municipal Professor Edilson Duarte, bairro Jardim Caiçara. Quando foi aprovada a continuidade da greve da categoria, já ficando agendada uma série de ações.

Veja abaixo agenda de ações sindicais para a próxima semana:

- Panfletagem na segunda-feira, dia 25, às 8h, no Largo Santo Antônio;

- Vigília no Ministério Público (Leste Shopping) na quarta-feira, dia 27, seguida de assembleia no Miguel Couto. O horário de início será divulgado em nossa página.



Vamos relembrar ações deste movimento grevista que já se arrasta por aproximadamente 15 dias?

Dois dos maiores sindicatos de funcionários públicos municipais – Sindicaf e SindSaúde – resolveram declarar guerra ao governo municipal de Cabo Frio, após o decreto editado pelo prefeito Marquinho Mendes (PMDB) no dia 02 de Setembro 2017,  "sábado", que restringe o pagamento de adicionais e gratificações e corta as horas-extras de grande parte do funcionalismo, sob a alegação de crise financeira e queda na arrecadação. 

No dia 13, "quarta-feira", após os representantes sindicais  do funcionalismo público municipal de Cabo Frio  participarem do Programa Amaury Valério (foto), para informar a população cabo-friense sobre os motivos das revindicações que levaram a greve e as decisões a ser realizadas pelos movimentos sindicais. Logo em seguida um grupo de representantes da direção do Sepe Lagos entraram na prefeitura, com o intuito de encontrar pessoalmente o prefeito, porém, o mesmo não foi encontrado, os representantes foram informados que Marquinhos só chega no seu escritório depois das 11:30 horas.

No dia 14, quinta-feira O Sepe Lagos uniu forças com outros sindicatos municipais (SindSaúde, AFM e Sindicaf) e realizaram um ato no Largo Santo Antônio (foto), realizando em seguida uma caminhada até a sede da prefeitura para sensibilizar a população local sobre as péssimas condições de trabalho dos servidores e os atrasos salarias. Ao anoitecer os representantes sindicais acompanharam a Sessão da Câmara de Vereadores. 

No dia 15, sexta-feira, foi aprovada em assembleia no Edilson Duarte (foto), a continuidade da greve da educação. Na ocasião, também foi aprovada a unificação dos atos com a saúde. 

Confira o calendário de luta que foi aprovado na referida assembleia:

- 18/09 (segunda-feira), às 9h, ato em frente à prefeitura de Cabo Frio, passeata pelas ruas da cidade até o Largo Santo Antônio.

- 19/09 (terça-feira), às 18h, acompanhamento da sessão na Câmara Municipal; 

- 20/09 (quarta-feira), às 18h, assembleia da educação no Edilson Duarte.


Dia 18, segunda-feira após ato em frente à prefeitura de Cabo as direções dos sindicatos unificados anteciparam a assembleia extraordinária que estava agendada para o dia 20 quarta-feira para às 18 horas da referida data. Devido o prefeito ter pago alguns funcionários e outra parte dos profissionais continua sem salário. Em uma demonstração de união foi aprovado a continuidade da greve. Quando foi postado na pagina do Facebook da Sepe Lagos a seguinte justificativa: 

"Pois hoje um profissional pode ter recebido parte do salário, mas mês que vem poderá ficar sem nada. É roleta russa. 

Querem desmoralizar a categoria e esse golpe baixo do prefeito e sua turminha não irá colar! Nós não lutamos somente pelo salário em si, mas sim por todos os nossos direitos, que estão sendo negados, jogados no lixo!

Por que é tão difícil respeitar um profissional dando o que lhe é de direito? Cabo Frio tem dinheiro para pagar todo mundo e nós sabemos muito bem disso. 

A nossa luta continua e permanecerá nas ruas!"

No dia 20, já com unificação dos atos sindicais desfeitos os sindicatos realizaram assembleia em separados, com as seguintes decisões aprovadas:
  
Sepe Lagos decidiu pela continuidade da greve e  vigília nesta quinta-feira às 16h, em frente ao Ministério Público, localizado no Leste Shopping (Rua Francisco Mendes). Na ocasião, o prefeito deverá prestar contas sobre as finanças do município. Com uma Assembleia Geral já agendada para a próxima sexta-feira (22), às 18h com local a definir. O SindSaúde decidiu, em assembleia por votação, pela suspensão da greve, permanecendo apenas o "estado de greve" até o 5º dia útil do mês, caso não haja o pagamento.

No dia 21, devido o Ministério Público ter convocado o prefeito Marquinho Mendes e o Sepe Lagos para discutir a questão da greve da categoria (foto). A reunião começou por volta das 17h. O prefeito Marcos da Rocha Mendes falou, durante todo o tempo, que não tinha dinheiro para nada. 

A promotora Drª. Luciana fez vários questionamentos ao chefe do Executivo. Entre eles: verba do Fundeb, investimento dos 25% na Educação e quem administrava os recursos. O secretário de Fazenda, Clésio Guimarães, informou que a ordenadora de despesas era a secretária de Educação, Laura Barreto; só que, anteriormente, a mesma disse que não tinha controle do banco, da conta bancária. 

O prefeito se comprometeu a passar todas as contas para a secretária de Educação e a abrir uma conta para depositar os 25% que devem ser destinados à Educação. Atualmente, segundo o secretário de Fazenda, são investidos 18%.

Uma nova reunião foi marcada para a próxima quarta-feira (27), pois o prefeito precisou sair. Sobre a questão da diferença salarial dos contratados e o décimo 13º de 2015, a secretária de Educação disse que vai se reunir com o prefeito amanhã e apresentará uma proposta à categoria antes da assembleia.

A promotora deixou claro que o MP estará ao lado da categoria para que todo o dinheiro destinado à Educação seja realmente investido na área.

COMANDO INTEGRADO DE CRISE MONITORA O CERCO A ROCINHA



O primeiro contingente de homens da Forças Armadas que fizeram um cerco à Rocinha chegou exatamente às 16h10 na comunidade, na zona sul da cidade. Cerca de 150 soldados do Exército e da Aeronáutica de um total de 950 entraram só na parte baixa da comunidade junto ao túnel Zuzu Angel. 

Eles foram acompanhados por policiais militares e alguns grupos se espalharam pelas principais ruas da localidade, no interior da favela.


A missão principal das Forças Armadas (foto) é fazer um cerco à Rocinha para apoiar as operações das polícias civil e militar. A comunidade da Rocinha, a maior do Rio de Janeiro, é alvo de operações diárias da Polícia  Militar desde o último domingo (17), quando houve confrontos entre grupos criminosos rivais pelo controle de pontos de venda da comunidade. 

Na manhã de hoje, houve um tiroteio intenso entre policiais e criminosos, que provocou o fechamento da Auto-Estrada Lagoa-Barra, que liga o bairro de São Conrado à Gávea. Cinco escolas e três unidades de educação infantil da prefeitura fecharam as portas, deixando quase 2.500 alunos sem aulas.

O secretário informou que o governo estadual pediu o emprego das Forças Armadas na Rocinha, em razão dos fortes confrontos registrados hoje (22) entre policiais e criminosos em dois pontos da comunidade. “Entendemos por bem, sim, pedir, agora, o cerco das Forças Armadas para liberar nossos policiais para aumentar a visibilidade, o monitoramento e o patrulhamento em outras áreas”, falou.

Conforme Roberto Sá, no início da semana houve uma informação de que poderia ocorrer um ataque de traficantes na comunidade, mas, naquele momento, a conclusão era de que não precisaria  o reforço de militares no local. Ele destacou que, se a cada situação de ameaça de conflito houver deslocamento de tropas, elas terão que se instalar em várias comunidades do Rio.

“A gente tem que cuidar do estado inteiro e..  em dezenas de comunidades conflagradas pode ter uma instabilidade. E, claro, a gente não vai colocar as Forças Armadas [num local] por causa de uma notícia que não é confirmada. Essa avaliação é feita por nós, em um colegiado”, revelou.

O secretário de Segurança descartou que tenha ocorrido erro de avaliação da secretaria sobre a necessidade de apoio das Forças Armadas na Rocinha. Ele informou que, desde o fim de semana, quando começaram os confrontos entre criminosos de dois grupos de uma mesma facção que disputam o controle do tráfico na comunidade, a Rocinha está ocupada por forças de segurança do estado e tudo vinha sendo monitorado, até que hoje a situação se agravou.

Roberto Sá destacou que o CICC conta com a presença de representantes de diversas forças de segurança, da prefeitura e do Comando Militar do Leste (CML). “Todos os esforços, todos os recursos possíveis públicos serão colocados à disposição da sociedade para retomarmos a estabilidade no local e tentarmos, a todo custo efetuar a prisão desses criminosos, seja quando for. A presença nossa [na área], eu já havia dito, é por tempo indeterminado”, revelou.

Segundo ele, as informações operacionais de Segurança são sigilosas e, por isso não podem ser divulgadas, mas o importante é a sociedade saber que o estado e a União estão juntos avaliando, diariamente, a necessidade de destacar efetivos para o local. “À medida que a situação evolui, a gente escala mais recursos, controla, monitora e coloca à disposição, requisita se necessário”, falou.

Bom entendimento

O secretário negou falta de entendimento com o Ministério da Defesa nas ações de integração das forças de segurança. Segundo ele, o relacionamento dos órgãos estaduais com o Comando Militar do Leste sempre esteve muito bem. “Isso faz parte de uma coalização das forças em benefício da sociedade. Em primeiro lugar não há rixa em nosso nível e não houve equívoco de avaliação e nem recusa de apoio. Todo o apoio que está sendo colocado à disposição está sendo avaliado em comum acordo. É importante dizer que não há rixa entre nós, muito ao contrário”, disse.

Quanto às outras comunidades do Rio onde também houve confrontos com criminosos, como o Morro Dona Marta, em Botafogo, e o Complexo do Alemão, na zona norte, o secretário informou que não há previsão, pelo menos, em princípio, de emprego das Forças Armadas.

Sobre o pedido feito pelo governo do estado para o patrulhamento de militares em vias da região metropolitana, como as linhas Amarela e Vermelha e estradas federais, o secretário afirmou que ainda está sob avaliação do governo federal.

O comandante da 1ª Divisão do Exército, Mauro Sinott, destacou que o estudo diário de situação da segurança do Rio nunca foi interrompido e constantemente é feito um trabalho conjunto e interativo com as demais forças de segurança do estado. Sobre o cerco à Rocinha, disse que seus homens, da Polícia do Exército, vão “auxiliar no cerco da região, no controle de trânsito e no controle de espaço aéreo, a fim de liberar o contingente da polícia [estadual] para ações mais específicas de polícias”.




******************



Fonte: Agência Brasil.

ASSEMBLEIA DO SEPE LAGOS HOJE, SEXTA-FEIRA (22), ÀS 18H, PARTICIPE!


ERRATA: "INFORMAÇÃO ERRÔNEA SOBRE A PRÓXIMA ENTREVISTA DO ALAIR CORRÊA"



                 

O Blog "Eterno Aprendiz" vem por meio desta informar, que na postagem anterior, onde esse blog informava que  a próxima entrevista do ex-prefeito Alair Corrêa seria na emissora Litoral News de Cabo Frio com o radialista e apresentador Sidnei Marinho, torna-se sem efeito. 

Devido a falta de uma melhor apuração desta redação junto as suas fontes, levou a mesma a informar erroneamente que a próxima entrevista do ex-prefeito Alair Corrêa seria na emissora Rede Litoral News de Cabo Frio, Programa Sidnei Marinho. Quando na verdade será na mesma emissora e na mesma data "cito", sexta-feira (29), em outro programa a ser confirmada. 

Desde já, as nossas sinceras desculpas  e grato pela compreensão.  

TERMINA HOJE PRAZO PARA ATUALIZAR CARTEIRA DE VACINAÇÃO DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES

"Foto do arquivo do Blog "Eterno Aprendiz"




Hoje (22) é o último dia da Campanha de Multivacinação 2017, que tem como objetivo atualizar a caderneta de vacinação de crianças e adolescentes. Os postos de saúde estarão abertos até o fim da tarde. Segundo o Ministério da Saúde, foram disponibilizadas 13 vacinas, para crianças até nove anos, e oito para adolescentes de 10 a 15 anos.


As doses disponíveis para crianças e adolescentes entre 7 e 15 anos são hepatite B, febre amarela, tríplice viral, dT (dupla tipo adulto), dTpa, vacina meningocócica conjugada tipo C e HPV.

A Campanha de Multivacinação, que teve início no dia 11 de setembro em 25 postos de Saúde, termina nesta sexta-feira (22). Aqueles que ainda não foram até as unidades precisam ficar atentos para atualizarem as cadernetas, as vacinas são oferecidas para imunizar crianças de 0 a 9 anos e adolescentes de 10 a menores de 15 anos (14 anos 11 meses e 29 dias).

De acordo com E-mail da Coordenadoria de Comunicação de Cabo Frio enviado a esse blog na última quarta-feira (20), o balanço parcial da campanha, a Secretaria de Saúde informa que 1.494 crianças compareceram nas unidades,  931 receberam as vacinas e a proporção de vacinados é de 63%. A secretaria também informa que 357 adolescentes compareceram nos postos, 213 receberam a vacina e a proporção é de 60% de vacinados.

Para receberem as doses é necessário portarem o cartão de vacina. A Saúde Coletiva afirma que não há uma meta a ser alcançada, mas é necessário que todo o público alvo compareça até as unidades para que os profissionais de Saúde avaliem o esquema de imunização de acordo com o Calendário Nacional de Vacinação. 

Segue a listagem dos 25 postos que oferecem as vacinas:

Centro de Saúde Oswaldo Cruz, PAM de Santo Antônio, PS Unamar, Hospital Municipal Otime Cardoso dos Santos, ESF São Jacinto, ESF Maria Joaquina, ESF Botafogo, ESF Samburá, ESF Nova Califórnia, ESF Angelim, ESF Parque Burle, ESF Praia do Siqueira, ESF Guarani, ESF Gamboa, ESF Jacaré, ESF Monte Alegre, ESF Boca do Mato, ESF Tangará, ESF Vila do Ar, ESF Peró, ESF Vila Nova, ESF Manoel Correa, ESF Itajuru e ESF Jardim Caiçara e ESF Florestinha.




*****************




Fontes Agência Brasil/Coordenadoria de Comunicação de Cabo Frio. 




SAIBA QUAIS SÃO AS PRÓXIMAS ETAPAS DA NOVA DENÚNCIA CONTRA TEMER

Darren Ornitz / Reuters.


Terminou nesta quinta-feira (21) a votação do Supremo Tribunal Federal (STF) que decidiu enviar à Câmara a segunda denúncia feita contra o presidente da República, Michel Temer, pelo ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Temer é acusado de organização criminosa e obstrução da Justiça. Em nota, o Palácio do Planalto rechaçou as acusações. Foram 10 votos a 1 a favor de que a denúncia prossiga.

A nova denúncia, então, foi enviada pelo relator do caso, ministro Edson Fachin, à presidente da Corte, ministra Cármen Lúcia, para que a remeteu à Câmara, ainda ontem, onde deve ser votada a autorização para processar o presidente da República.

Na Câmara, a denúncia é recebida pelo presidente da Casa, Rodrigo Maia, que a envia para o presidente da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania, deputado Rodrigo Pacheco (PMDB-MG).

Ambos já adiantaram que nesse caso atuam como árbitros, e não se manifestam sobre o teor da denúncia. “Vamos ter uma tramitação muito semelhante à da primeira denúncia, com os mesmos direitos e garantias acordados por todos os deputados da CCJ”, adiantou Pacheco.



Se tudo seguir o cronograma, já na próxima terça-feira Pacheco deve anunciar o relator da nova denúncia, e o presidente Michel Temer deve ser notificado para que entregue sua defesa em até 10 sessões do Plenário.

Na primeira vez, os advogados entregaram a defesa antes do prazo, mas a CCJ optou por cumprir seus prazos, com cinco sessões até o relatório, duas sessões para um pedido de vista, e só depois disso a votação na comissão. Foram 14 dias na primeira denúncia, e a expectativa é de que seja um prazo semelhante dessa vez.

Após votação no colegiado, a denúncia segue para a votação dos deputados, no plenário da Câmara. O relatório elaborado na CCJ, recomendando ou rejeitando a investigação contra o presidente, será, então, submetido à votação nominal, pelo processo de chamada dos parlamentares. Estes devem responder "sim" ou "não", e os votos serão lidos em voz alta.

Se 342 dos 513 parlamentares decidirem pelo prosseguimento da denúncia, será autorizada a instauração do processo no Poder Judiciário.

Todo o procedimento é estabelecido pela Constituição Federal, já que trata-se da abertura de um processo criminal contra o presidente da República.

No último dia 2 de agosto, Michel Temer conseguiu, após meses de articulação política, barrar a primeira denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR), pelo crime de corrupção passiva.

Na oportunidade, 263 deputados votaram contra a denúncia, 227 a favor, além de 19 ausências e 2 abstenções. Com a decisão, o processo foi suspenso e só pode ser retomado depois que Temer deixar a Presidência da República.

No STF

A pedido da defesa do presidente da República, os ministros do STF avaliaram se seria necessário suspender o envio da denúncia à Câmara, tendo em vista a possibilidade de rescisão do acordo de colaboração premiada de dirigentes do grupo J&F. Parte da denúncia se baseia nessa delação, o que poderia invalidar a denúncia.

Votaram pelo envio da denúncia o relator, ministro Edson Fachin, Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Dias Toffoli, Luiz Fux, Ricardo Lewandowski, Marco Aurélio Mello, Celso de Mello e Cármen Lúcia. O único a divergir foi o ministro Gilmar Mendes, que sugeriu a devolução da denúncia para a procuradoria para que seja refeita.




**********************



Fonte: Site Notícias ao Minuto.

CABO FRIO APRESENTA TRABALHO DESENVOLVIDO PELA EDUCAÇÃO MUNICIPAL EM SEMINÁRIO




Evento é realizado na cidade de Quissamã.


A Secretaria de Educação de Cabo Frio participou do X Seminário de Educação Inclusiva: Práticas, discussões e possibilidades”, realizado pela Prefeitura de Quissamã, cidade do norte fluminense. O evento aconteceu na quinta-feira (21). 

Durante o seminário foi discutidas ações desenvolvidas com os alunos com deficiência, quilombolas, educação de jovens e adultos e itinerantes, na sala regular da rede municipal de ensino, para uma educação de qualidade com as mesmas oportunidades e igualdade de aprendizagem.

A pedagoga Mariza Brum, Diretora do Departamento de Orientação Educacional da SEME, falou sobre a experiência cabo-friense através do tema “Ações e reações no caminho da inclusão. A escola da diversidade vencendo os medos e incertezas através da superação dos desafios”. Já a professora Márcia Fonseca, da Gerência de Programas e Projetos, também pesquisadora da difusão e memória em tradições afro-brasileiras, apresentou o tema “Vivendo e convivendo com desafios: Racismo na Escola. Uma proposta de superação a partir da implementação da Lei 10.639/03 em 11.645/08”

"A Educação de Cabo Frio tem recebido convites de outros municípios para apresentar sua experiência pedagógica. É muito gratificante para todos nós porque é o reconhecimento do trabalho realizado por nossa equipe que tem se empenhado nas pesquisas e no trabalho de campo e também inovado em ações pedagógicas – ressaltou Laura Barreto, Secretária de Educação.




*******************


Att,


Coordenadoria de Comunicação da Prefeitura de Cabo Frio.

PROJETO BANDEIRA AZUL REALIZA EVENTO OFICIAL NA PRAIA DO PERÓ NO PRÓXIMO SÁBADO (23)




Ação oficializa o dia 23 de setembro como o “Dia do Peró”


A Praia do Peró será palco de mais uma ação oficial do Projeto Bandeira Azul, que tem como objetivo obter a certificação internacional da Praia como ponto turístico de excelência no trade internacional. A ação deste sábado marcará a instituição do “Dia do Peró”, data em que serão concentrados os esforços para o cumprimento dos critérios e exigências ambientais, com o envolvimento da comunidade, para agilizar o alcance das metas estabelecidas pelo Comitê Avaliador Internacional.

O novo coordenador do Projeto Bandeira Azul em Cabo Frio, Carlos Magno Marques, afirmou que a participação da sociedade, como um todo, é essencial para que as metas sejam cumpridas e Cabo Frio ganhe seu primeiro ponto turístico de excelência e com reconhecimento mundial. “O Projeto Bandeira Azul na Praia do Peró é apenas o embrião de uma ambição muito maior que é, a partir desse primeiro credenciamento, levar o selo para outras praias da cidade, como a Praia do Forte, por exemplo”, afirmou.

Neste sábado haverá recolhimento de micro lixo nas areias da praia e plantio de mudas de epomeias, com a participação de alunos das Escolas Municipais Evaldo Salles, Etelvina Santana da Fonseca e Professora Yone Nogueira, situadas na região do Peró.

“A participação de nossos alunos nas atividades do Programa Bandeira Azul é fundamental para que conheçam melhor o entorno do bairro onde residem e estudam. Para assim, despertar a conscientização ambiental e a valorização e, consequentemente, preservação do espaço”, afirmou s secretária de Educação, Laura Barreto.



********************


Att.


Coordenadoria de Comunicação da Prefeitura de Cabo Frio.

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

CÂMARA DEBATE COBRANÇA DA TAXA DE PRESERVAÇÃO E USO SUSTENTÁVEL DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO E CULTURAL




Os vereadores de Cabo Frio se reuniram esta manhã com o Secretário Municipal de Cultura, Ricardo Chopinho, com a Secretária Municipal de Turismo, Fabíola Bleiker, com Procurador Tributário Municipal, Bruno Aragutti, e com empresários e representantes de entidades ligadas ao Turismo para discutir as alterações no Código Tributário para adequação à Lei Federal.

Um dos assuntos da reunião foi a cobrança da Taxa de Preservação e Uso Sustentável do Patrimônio Histórico e Cultural de Cabo Frio. Se aprovada, a taxa passará a ser cobrada por hotéis, pousadas e resorts e será destinada ao desenvolvimento de políticas públicas culturais, manutenção e conservação dos espaços culturais da nossa cidade.

Após a reunião, os vereadores optaram por colocar em pauta na sessão ordinária desta quinta-feira apenas as propostas para alteração do Código Tributário (em adequação à Lei Federal) e a regulamentação das receitas do município, suprimindo, num primeiro momento, a cobrança da Taxa de Preservação.

“Entendemos que alguns pontos ainda precisam ser discutidos e que, portando, esta cobrança tem que ser melhor analisada, principalmente no que tange a forma adequada de implementá-la. Para que tenha êxito, o projeto precisa da participação efetiva da rede hoteleira. Queremos ouvir os empresários e suas propostas”, explicou o Presidente da Câmara, Aquiles Barreto.

Uma nova reunião foi marcada para o dia 28 de setembro, às 14h, na sede da Câmara Municipal.



********************



Fonte: E-mail da Assessoria de Imprensa da Câmara de Vereadores de Cabo Frio. 



VÍDEO - VEJA PRIMEIRA PARTE DA ENTREVISTA DO EX-PREFEITO ALAIR CORRÊA QUE MOVIMENTOU OS COMENTÁRIOS NA MÍDIA DA REGIÃO DOS LAGOS NOS ÚLTIMOS DIAS




Dando sequência a série de vídeos que estão sendo postados neste blog, sobre os bastidores da entrevista do empresário e ex-prefeito Alair Corrêa concedida ao radialista e repórter Eduander Silva.  

Vamos trazer para o amigo internauta, primeira parte da entrevista do empresário e ex-prefeito da cidade de Cabo Frio Alair Corrêa concedida ao comunicador e radialista Eduander Silva. Que foi transmitida pela Rádio Cabo Frio FM 83,9 na última terça-feira (19), que movimentou os comentários nas mídia escrita, falada, televisada virtual  da Região dos Lagos.


Vamos ao vídeo? 




PAUTA DA SESSÃO DA CÂMARA DE VEREADORES DE CABO FRIO DESTA QUINTA-FEIRA 21/09/2017

MESA DIRETORA DA CÂMARA DE VEREADORES DE CABO FRIO, (FOTO DO ARQUIVO DO BLOG ETERNO APRENDIZ).



SEGUE ABAIXO PAUTA DA SESSÃO DA CÂMARA VEREADORES DESTA QUINTA-FEIRA, 21 DE SETEMBRO DE 2017. CONFORME POSTAGEM DO FACEBOOK OFICIAL DA CÂMARA DE VEREADORES DE CABO FRIO.



EXPEDIENTE. 

EM CONFORMIDADE COM O ART. 71, ITEM 1 DO REGIMENTO INTERNO: 

LEITURA E APRECIAÇÃO DA ATA 19/09/2017. 

TRIBUNA LIVRE - RESOLUÇÃO Nº 442, DE 07 DE NOVEMBRO DE 1995. OFICIO Nº 244/2017- HEMOLAGOS REPRESENTANTE: Diretor Executivo Dr. Marcelo Paiva Paes de Oliveira. 

EMENDA: ESP 005/2017 - RAFAEL PEÇANHA DE MOURA DISPÕE SOBRE EMENDA SUPRESSIVA AO ART. 4º DO PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº 009/2017- CÓDIGO TRIBUTÁRIO DO MUNICÍPIO. 

EMENDA: ESP 006/2017 – VEREADORES DA CÂMARA MUNICIPAL DISPÕE EMENDA SUPRESSIVA AO PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR 009/2017, QUE TRATA DA CRIAÇÃO DA TAXA DE PRESERVAÇÃO E USO SUSTENTÁVEL DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO E CULTURAL DE CABO FRIO. 

EMENDA: EMO 0025/2017 - RAFAEL PEÇANHA DE MOURA DISPÕE SOBRE EMENDA MODIFICATIVA AO ART. 3º DO PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº 009/2017- CÓDIGO TRIBUTÁRIO DO MUNICÍPIO. 

EMENDA: EMO 0026/2017 - RAFAEL PEÇANHA DE MOURA DISPÕE SOBRE EMENDA MODIFICATIVA AO ART. 3º DO PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº 009/2017- CÓDIGO TRIBUTÁRIO DO MUNICÍPIO. 

PROJETO DE LEI: 0091/2017 - ALEXANDRA DOS SANTOS CODEÇO ESTABELECE NORMAS PARA ORGANIZAÇÃO DOS ESPAÇOS DAS BIBLIOTECAS PÚBLICAS, EM ÂMBITO MUNICIPAL VISANDO A INCLUSÃO DOS DEFICIENTES VISUAIS E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. 

PROJETO DE LEI: 0197/2017 - MIGUEL FORNACIARI ALENCAR PASSA A SE CHAMAR PROGRAMA MUNICIPAL DE INCUBADORAS DE EMPRESAS, COOPERATIVAS SOCIAIS E PARQUE TECNOLÓGICO – INTEC CABO FRIO, O PROGRAMA MENCIONADO NA LEI 2.375 DE 15 DE SETEMBRO DE 2011 E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. 

PROJETO DE LEI: 0199/2017 - LETÍCIA DOS SANTOS JOTTA INSTITUI A SEMANA MUNICIPAL DE COMBATE AO ABUSO E À EXPLORAÇÃO SEXUAL DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES 

PROJETO DE LEI: 0205/2017 - VANDERLEI RODRIGUES BENTO NETO INSTITUI NO ÂMBITO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL A CERTIDÃO NEGATIVA DE VIOLAÇÃO AOS DIREITOS DO CONSUMIDOR - CNVDC. EM, 21 DE SETEMBRO DE 2017. 


Continuação.....EXPEDIENTE 

PROJETO DE RESOLUÇAO: 0060/2017 - RICARDO MARTINS DA SILVA ALTERA A REDAÇÃO DO ART. 5º DA RESOLUÇÃO Nº 861 DE 10 DE JANEIRO DE 2005, QUE DISPÕE SOBRE O REGIMENTO INTERNO DA CÂMARA MUNICIPAL DE CABO FRIO. 

PROJETO DE RESOLUÇAO: 0061/2017 - RICARDO MARTINS DA SILVA ALTERA A REDAÇÃO DO PARÁGRAFO 1º DO ART. 20 DA RESOLUÇÃO Nº 445 DE 28 DE DEZEMBRO DE 1995 QUE DISPÕE SOBRE O REGIMENTO INTERNO DA CÂMARA MUNICIPAL DE CABO FRIO.

PROJETO DE RESOLUÇAO: 0062/2017 - RICARDO MARTINS DA SILVA ADICIONA O INCISO 6 À REDAÇÃO DO ART. 103 DA RESOLUÇÃO Nº 445 DE 28 DE DEZEMBRO DE 1995 QUE DISPÕE SOBRE O REGIMENTO INTERNO DA CÂMARA MUNICIPAL DE CABO FRIO. 

INDICAÇÃO: 0286/2017 - LETÍCIA DOS SANTOS JOTTA SOLICITA AO EXMº SENHOR PREFEITO REPAROS NA RUA ALEMANHA NO BAIRRO JARDIM CAIÇARA.

INDICAÇÃO: 0288/2017 - ALEXANDRA DOS SANTOS CODEÇO SOLICITA AO EXMO. SR. PREFEITO MUNICIPAL A CONSTRUÇÃO DE PASSARELAS DE MADEIRA NAS PRAIAS DO FORTE E DO PERÓ PARA ACESSO DOS AMBULANTES COM SEUS CARRINHOS PARA A VENDA DE PRODUTOS AUTORIZADOS. 

INDICAÇAO: 0291/2017 - RAFAEL PEÇANHA DE MOURA SOLICITA AO EXMº SR. PREFEITO MUNICIPAL A CRIAÇÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DE TRANSPARÊNCIA E ACOMPANHAMENTO DOS RECURSOS PRÓPRIOS (COMTARP). 

ORDEM DO DIA 

PARECER FAVORÁVEL DA COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA: PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR: 0009/2017 - MARCOS DA ROCHA MENDES INTRODUZ ALTERAÇÕES NA LEI COMPLEMENTAR Nº 2, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2002 - CÓDIGO TRIBUTÁRIO DO MUNICÍPIO DE CABO FRIO, PARA ADEQUAR O SISTEMA TRIBUTÁRIO MUNICIPAL ÀS DISPOSIÇÕES DA LEI COMPLEMENTAR FEDERAL Nº 116, DE 31 DE JULHO DE 2002, ALTERADA PELA LEI COMPLEMENTAR FEDERAL N° 157, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2016. OFÍCIO/GAPRE -CM Nº 54/2017 - M.E. Nº 19/2017 EM, 21 DE SETEMBRO DE 2017. 





STF DECIDE ENVIAR DENÚNCIA SOBRE TEMER À CÂMARA

Foto: Supremo Tribunal Federal (STF) retoma julgamento sobre a suspensão da denúncia apresentada pelo ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot contra Temer e integrantes do PMDB (José Cruz/Agência Brasil).


Após dois dias de julgamento, por 10 votos a 1, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (21) pelo envio imediato à Câmara dos Deputados da segunda denúncia apresentada pelo ex-procurador-geral da República (PGR) Rodrigo Janot contra o presidente Michel Temer. A partir de agora, caberá à Casa decidir sobre autorização prévia para que a Corte julgue o caso, conforme determina à Constituição.

O entendimento do Supremo contraria pedido feito pela defesa de Temer, que pretendia suspender o envio da denúncia para esperar o término do procedimento investigatório, iniciado pela PGR, para apurar ilegalidades no acordo de delação da JBS, além da avaliação de que as acusações se referem a um período em que o presidente não estava no cargo, fato que poderia suspender o envio.

Os ministros seguiram entendimento do relator do caso, ministro Edson Fachin. Na sessão de ontem (20), foi formada maioria de votos no sentido de que cabe ao Supremo encaminhar a denúncia sobre o presidente diretamente à Câmara dos Deputados, sem fazer nenhum juízo sobre as acusações antes da deliberação da Casa sobre o prosseguimento do processo no Judiciário.

Nos dois dias de julgamento, os ministros Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Luiz Fux, Dias Tofofli, Ricardo Lewandowski, Marco Aurélio, Celso de Mello e presidente, Cármen Lúcia, acompanharam o voto de Fachin.

Divergência

Em voto proferido na sessão desta quarta-feira, o ministro Gilmar Mendes foi o único a divergir, e votou pela devolução da denúncia à PGR. Segundo Mendes, as acusações se referem ao período em que Temer não estava no cargo e o caso não pode ser enviado à Câmara dos Deputados, conforme determina a Constituição.

Além disso, sobre uma conversa gravada por Joesley Batista com o presidente Temer, durante encontro no Palácio do Jaburu, em março, Mendes considerou que a gravação pode ser ilegal por haver indícios de que foi instigada pelo ex-procurador Marcello Miller, acusado de fazer "jogo duplo" a favor da JBS, durante o período em que esteve no cargo, antes de passar a trabalhar em um escritório de advocacia que atuou para a empresa.

Tramitação

Com a chegada da denúncia ao STF, a Câmara dos Deputados precisará fazer outra votação para decidir sobre a autorização prévia para prosseguimento do processo na Suprema Corte.

O Supremo não poderá analisar a questão antes de uma decisão prévia da Câmara. De acordo com a Constituição, a denúncia apresentada contra Temer somente poderá ser analisada após a aceitação de 342 deputados, o equivalente a dois terços do número de parlamentares que compõem a Casa.

A autorização prévia para processar o presidente da República está prevista na Constituição. A regra está no Artigo 86: “Admitida a acusação contra o presidente da República, por dois terços da Câmara dos Deputados, será ele submetido a julgamento perante o Supremo Tribunal Federal, nas infrações penais comuns, ou perante o Senado Federal, nos crimes de responsabilidade”.

O prosseguimento da primeira denúncia apresentada pela PGR contra o presidente, pelo suposto crime de corrupção, não foi autorizado pela Câmara. A acusação estava baseada nas investigações iniciadas a partir do acordo de delação premiada de executivos da J&F.

PAPA ANUNCIA FIM DE RECURSOS PARA PADRES QUE COMETEM ABUSOS SEXUAIS CONTRA MENORES

Papa Francisco / Foto: Bohumil Petrik (ACI Prensa)



O papa Francisco anunciou hoje (21) que um religioso efetivamente condenado por abuso sexual contra um menor de idade não poderá apresentar recurso e jamais terá a graça concedida. O pontífice fez este anúncio ao receber os membros da Pontifícia Comissão para a Tutela dos Menores, organismo criado por ele há quatro anos para trabalhar pela educação e prevenção de abusos dentro Igreja Católica. A informação é da EFE.

Francisco, que tinha um discurso escrito, deixou o protocolo de lado para falar de improviso sobre algumas das preocupações e acusações de atraso que surgiram sobre como a Igreja está enfrentando o problema e reconheceu que existe lentidão na hora de analisar os muitos casos que chegam.
Segundo o papa, os atrasos se devem a dois fatores: falta de pessoal e os vários pedidos de recurso. "Os advogados trabalham para tentar diminuir a pena, porque é disso que os advogados vivem", explicou o pontífice, lembrando que então todos os aspectos legais são analisados novamente, provocando mais atraso.

Diante disso, Francisco anunciou que está trabalhando para que quando um abuso for provado, isso será suficiente para não admitir recurso."Se há provas, ponto. (A sentença) é definitiva", declarou.

Para Francisco, uma pessoa que comete um abuso é "doente" e não pode ser perdoada porque pode voltar a cometer o mesmo crime dentro de pouco tempo. "Temos que botar na cabeça que é uma doença", afirmou ele, reiterando a "tolerância zero contra os abusos".

Durante o seu discurso, o papa citou o árduo trabalho da Comissão e disse que a Igreja demorou a "tomar consciência" sobre este problema. Entre as pessoas que ouviram as palavras de Francisco estavam o inglês Peter Saunders e a irlandesa Marie Collins, que sofreram abusos sexuais de padres durante a infância.




**********************



Fonte: Agência Brasil. 

SINDICATOS QUEBRAM A UNIFICAÇÃO SINDICAL E REALIZAM ASSEMBLEIA COM RESULTADOS DIFERENCIADOS





As duas maiores instituições sindicais, representantes legais das classes trabalhadoras do funcionalismo público de Cabo Frio, Sepe Lagos e SindSaúde realizaram na noite de ontem, quarta-feira (20), assembleias independentes com decisões diferenciadas.


O Sepe Lagos decidiu pela continuidade da greve e  vigília nesta quinta-feira às 16h, em frente ao Ministério Público, localizado no Leste Shopping (Rua Francisco Mendes). Na ocasião, o prefeito deverá prestar contas sobre as finanças do município. Com uma Assembleia Geral já agendada para a próxima sexta-feira (22), às 18h com local a definir. O SindSaúde decidiu, em assembleia por votação, pela suspensão da greve, permanecendo apenas o "estado de greve" até o 5º dia útil do mês, caso não haja o pagamento.

Segundo informação do vereador e militante sindical do Sepe Lagos, Rafael Peçanha em resposta a pergunta deste blogueiro sobre o tema durante a participação do referido parlamentar no programa Informe Local do comunicador Dionísio Quaresma na manhã desta quinta-feira (21), a união dos atos sindicais é um decisão de assembleia para assembleia, não sendo um ato sindical continuo dentro de uma período extensivo de greve.  


*Essa postagem foi reeditada às 11h. 52min. para acréscimo de informação.   





  

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

EMANOEL FERNANDES PARTICIPA DA REUNIÃO DA COMISSÃO DE DIAGNÓSTICO E SOLUÇÕES PARA DESPOLUIÇÃO DA LAGOA DE ARARUAMA

Foto: Deputado e presidente da comissão Marco figueiredo, Arnaldo Villas boas, Charles Domingues e Emanoel Fernandes.




Hoje tive a honra de participar de uma importante reunião da Comissão de Diagnósticos e Soluções para a Despoluição da Lagoa de Araruama, um desdobramento de um projeto de minha autoria no último mandato como vereador, aonde criei a Comissão Municipal de Despoluição da Lagoa de Araruama com ações de nível regional. 

O encontro foi no gabinete do deputado estadual e presidente da Comissão, Marcos Figueiredo, e contou ainda com a presença de Arnaldo Villas Boas (representantes do Comitê de Bacias) e de Charles Domingues, que também integrou a comissão municipal. Fazem parte ainda desta comissão os deputados Jânio Mendes, Márcia Geovani, Paulo Mello e Silas Bento, todos representantes da Região dos Lagos.

Nesta reunião de hoje foi dado mais um importante passo rumo à recuperação do nosso maior patrimônio ambiental: a confirmação de uma Audiência Pública, já agendada para o próximo dia 21, às 9h30, no auditório do Palácio Tiradentes, com a presença dos Prefeitos, Vereadores e Secretários da Região dos Lagos, além de representantes do Ministério Público, OAB, ambientalistas e imprensa entre outros interessados em salvar nossa Lagoa de Araruama. Também foi anunciada uma diligência dos membros da Comissão a diversos pontos da Lagos de Araruama no dia 13 de novembro, com ponto de encontro às 9h em frente a ETE de Juturnaíba.



*****************


Att; 


Ex-vereador Emanoel Fernandes.