Pesquisar este blog

Carregando...

domingo, 2 de dezembro de 2012

BOPE RECEBE NOVAS ARMAS E EQUIPAMENTOS PARA A COPA E AS OLIMPÍADAS, VEJA AS FOTOS



Os novos equipamentos do Bope
Os novos equipamentos do Bope Foto: Rafael Moraes / Agência O Globo
Paola Serra
A tropa de elite da Polícia Militar se prepara para a Copa do Mundo, em 2014, e para os Jogos Olímpicos, dois anos depois. Até lá, os 420 atuais integrantes do Bope e os que entrarão para a unidade — estima-se que o efetivo dobrará — terão à disposição câmeras táticas, captadores solares para baterias e armas menos letais com maior autonomia, entre outros equipamentos.
Pela estimativa, serão mais de R$ 40 milhões investidos em diversos equipamentos, com foco, sobretudo, nos grandes eventos que serão sediados no Rio.
Novos caveirões
Haverá ainda aquisição de novos veículos, incluindo os blindados conhecidos como caveirões, usados em operações e compra de armamento com precisão maiores. Alguns equipamentos parecem saídos dos filmes de James Bond, como as escutas que identificam conversas através das paredes e as microcâmeras.
— A gente tem usado a tecnologia com a preocupação sempre no bem-estar e na qualidade do serviço de nossos homens — garante o chefe de Logística do Bope, major Maurílio Nunes.
Além dos novos equipamentos, a unidade também tem se preocupado com a formação e reciclagem de seus PMs. Durante todo o ano, cursos são dados dentro e fora da unidade, localizada em Laranjeiras, Zona Sul do Rio. Intercâmbios com as polícias de outros países também foram feitos.
Nova farda
É confeccionada a partir de um estudo de um ano feito pela faculdade de moda Senai/Cetiqt, que está preparando os uniformes da Polícia Militar. Os primeiros a receberem serão os homens do Bope. Produzidas com nyco, um tecido moderno com menos poliéster, as roupas têm maior resistência ao atrito e à umidade. Além disso, as cores ajudam na camuflagem, já que o tradicional preto da farda atual é destacado à distância. Cada uniforme completo custa R$ 280.
Sistema de comando e controle
A sala já existente no batalhão monitora as viaturas que estão em operação em determinada região (na imagem, as favelas de Manguinhos e do Jacarezinho). Agora, através de palmtops, que serão às viaturas, a foto de um suspeito pode ser enviada ao centro. Na hora, a ficha criminal será levantada, evitando o deslocamento até a delegacia. Será utilizado o sistema “mash”, que busca o melhor meio de comunicação, através de rádio, 3G ou satélite.
Escutas
Pequenos aparelhos que são colados às paredes possibilitam os policiais a monitorarem conversas do outro lado. Antes, dava para fazer isso com um copo.
Videoscope
A videoscope é uma espécie de microcâmera, que fica na ponta de um tubo flexível. Ela pode entrar em qualquer espaço pequeno e é ligada a um monitor, acoplado na farda do PM. Ainda há duas hastes, uma de quatro e outra de seis metros, que levam a câmera para lugares altos ou distantes. Imagens noturnas podem ser feitas pelas câmeras termais. O kit completo custa $ 200 mil.
Novos modelos de Taser
As chamadas armas menos letais terão novo modelo, mais leve, e virão com dois cartuchos, que darão ao policial mais autonomia, já que poderá efetuar dois disparos.


extra

Nenhum comentário: